Destinos por mês

Viagem do mês: 19 destinos para viajar em Agosto

Pinterest LinkedIn Tumblr

Agosto não é um mês meio termo! No hemisfério norte faz calor, é o auge do verão. No hemisfério sul (principalmente nas regiões mais próximas ao círculo polar) faz frio, pois é estação de inverno.

Mas, se você não quer se deslocar até os países do norte do globo, saiba que ainda é possível curtir algumas praias do nordeste brasileiro, a exemplo de Porto Seguro, apesar de ser época de chuva na maioria delas.

No sul e sudeste do Brasil é o período ideal para aproveitar regiões serranas, como Gramado, Campos do Jordão e Monte Verde. Já no centro-oeste, é uma boa época para fazer ecoturismo em Bonito, Nobres, Chapada dos Guimarães e Chapada dos Veadeiros.

Na América do Sul é o momento ideal para ver a neve, aparecendo como destaque Bariloche, Ushuaia e Vale Nevado.

Se você se animou, então confira essa lista completa com sugestões de destinos para viajar no mês de agosto.

Para onde viajar em Agosto: Destinos Internacionais

Se sua escolha for por um destino no exterior, lembre-se de contratar um bom seguro viagem e comprar seu chip de internet:

No site Seguros Promo você pode fazer uma comparação detalhada e fácil dos preços dos seguros ofertados, analisando qual tem o melhor custo benefício para a sua viagem. Contrate AQUI o seu seguro viagem com desconto, utilizando o cupom MALADEVIAGEM5.

Leitor do blog MV tem 20% na aquisição do chip de celular SimPremium ao utilizar o cupom “maladeviagem”. Clique aqui para pedir o seu! É esse o chip que eu uso em todas as minhas viagens internacionais.

Ushuaia – Argentina

Em agosto, as temperaturas no “fim do mundo” variam entre -1 a 5ºC e pouquíssima chuva. Eis o período ideal para conhecer essa cidade gelada, mas cheia de charme e lugares aconchegantes.

A temporada de neve e esqui no Ushuaia começa em julho e se estende até Setembro. Agosto é o mês ideal para visitar o Cerro Castor, andar de snowmobile ou trenó.

Ushuaia, localizada aos pés dos Andes e na beira do Canal Beagle, é a capital da Terra do Fogo Argentina, a cidade mais austral do mundo e mais próxima da península antártica.

A temporada de neve na região é considerada uma das mais longas da América do Sul e, para quem tem tempo, vale a pena estender viagem para outros destinos sul-americanos e aproveitar as estações de esqui, que estão a todo vapor nessa época.

Ushuaia – Argentina

Valle Nevado – Chile

A temperatura média no Valle Nevado no mês de agosto varia entre -6 e 6ºC. É o período legal para visitar um lugar que é considerado um dos melhores centros de esqui da América do Sul, com a maior área esquiável e pistas para todos os níveis de praticantes do esporte.

Ainda que esquiar não for o seu hobby, vale a pena aproveitar a oportunidade para se divertir na neve e apreciar paisagens que não encontramos no Brasil. Você estará rodeado pela linda Cordilheira dos Andes e ainda pode estender viagem e curtir uns dias extras na capital chilena Santiago, que pode ser visitada com tranquilidade durante todo o ano.

Ainda, a 164 km de Santiago, está Portillo, estação de esqui reconhecida como uma das melhores do Chile, com uma inesquecível vista para a Laguna del Inca, boa estrutura hoteleira e variedade de pistas de esqui para todos os níveis de praticantes.

A última dica no Chile é Pucón, cidade aos pés do vulcão e do lago Villarrica. A estação de esqui está a menos de meia hora do centro. Outra atividade que pode ser incluída no roteiro é um passeio pelo Parque Nacional Huerquehue e suas cachoeiras congeladas nessa época do ano.

Confira aqui as minhas dicas de Santiago: Melhores destinos na América do Sul: Santiago do Chile.

Algarve – Portugal

Portugal é um país que pode ser visitado durante o ano todo, porém, se o objetivo da viagem é aproveitar a região do Algarve (sul do país), melhor que a viagem seja feita no verão, por isso o mês de agosto é tão indicado, quando as temperaturas costumam variar entre 18 e 29°C.

Algarve fica no sul de Portugal, que tem um litoral bastante recortado, marcado por falésias, grutas, formações rochosas exuberantes e praias com água de tonalidade esverdeada.

Se a água ainda for muito gelada pra você (não espere a temperatura das águas do nordeste brasileiro), os passeios de barco entram como boa opção. Aliás, mesmo sem entrar na água o passeio já é uma delícia: praias pequenas rodeadas por imensos paredões são a garantia da vista perfeita.

A gastronomia portuguesa é outro ponto positivo para quem visita o país e, em Algarve, não poderia ser diferente: muita estrutura gastronômica para satisfazer até mesmo os turistas mais exigentes, com bons restaurantes por toda a região.

Ponto positivo também para a hotelaria da região, que não poderia ser diferente, já que estamos falando de uma parte tão especial de Portugal.

Algarve – Portugal

Vancouver – Canadá

Conhecer o Canadá é o sonho de muitas pessoas. Se você também compartilha esse desejo, saiba que agosto é um ótimo mês para conhecer uma das cidades mais incríveis do país: Vancouver, quando a temperatura média varia entre 13 e 22°C.

A cidade é perfeita para quem aprecia natureza. De um lado está cercada pelo mar e, do outro, por muito verde, montanhas e florestas, que compõem os parques nacionais. Assim, além de desfrutar das comodidades da cidade, você pode incluir no roteiro passeios pelos parques, apreciar lagos, fazer trilhas e renovar suas energias com dias longos e ensolarados – nessa época, amanhece cedo, por volta das 4h da manhã e escurece tarde, por volta das 22h.

No início do mês de agosto, Vancouver recebe o festival Celebration of Light, uma competição musical regada a fogos de artifícios.

Para quem quer ainda mais, eis a sua oportunidade de embarcar em um cruzeiro pelo Alasca (maior estado dos Estados Unidos) na melhor época do ano, com temperatura média entre 8 e 17ºC. Quem faz esse cruzeiro é a Princess Cruises – prepare-se para ver muitas paisagens exóticas, de encher os olhos e emocionar o coração.

Vancouver – Canadá

Islândia

A Islândia é marcada por duas estações bem definidas: inverno e verão. São duas viagens completamente diferentes, então tenha em mente que você pode ir para a Islândia duas vezes, uma no verão e outra no inverno, e voltar contando sobre duas experiências completamente diferentes.

Agosto é período de verão no país e sua capital Reykjavík marca temperaturas médias entre 8 e 13ºC.

Sem dúvida é uma viagem extraordinária. A terra do fogo e do gelo mostra como os opostos realmente se atraem: vulcões ativos se misturam com geleiras, geysers, fontes termais, cachoeiras, campos de lavas, praias de areia preta, numa simbiose antagônica perfeita, criando um dos cenários mais surreais do planeta. 

No verão tem sol da meia noite, no inverno tem aurora boreal. O que falta de beleza e fenômeno natural nesse país é realmente difícil dizer. E o melhor dessa história é que, apesar de ser um país exótico, com língua diferente e poucos habitantes, planejar uma viagem para Islândia não é difícil, podendo ser feita por conta própria, principalmente no mês de agosto, quando as condições das estradas são boas.

Confira aqui o meu guia completo para te ajudar na hora de planejar sua viagem para Islândia: Islândia em 8 dias no inverno: o roteiro ideal para sua viagem.

o que fazer na islandia
Islândia

Curaçao

Se você pretende um destino para relaxar nas águas mornas do Caribe, Curaçao aparece com temperaturas médias entre 26 e 31°C no mês de agosto.

A ilha de colonização holandesa é considerada um dos destinos caribenhos em maior crescimento no mercado do turismo. Apesar de ter o holandês como principal idioma, inglês, espanhol e o dialeto papiamento são amplamente falados na ilha.

A influência jamaicana é facilmente constatada na arquitetura. As famosas casinhas coloridas são marca registrada de Curaçao.

As principais praias são: Cas About, Port-Marie e Kenepa Grandi, que fica a uma hora da capital Willemstad.

Com apenas 150 mil habitantes, Curaçao ganha destaque entre as ilhas caribenhas, pois tem clima agradável o ano todo e está fora da rota de furacões, que acontecem no Caribe justamente nessa época (entre os meses de agosto a outubro, principalmente).

Outros destinos caribenhos fora da rota do furacão e que podem ser facilmente visitados em agosto: Aruba, Barbados e Bonaire.

O voo de Curaçao a Aruba tem duração de meia hora, sendo certo que combinar os dois destinos é uma ótima opção.

Curaçao

Califórnia – Estados Unidos

Se por um lado o calor de agosto pode ser desagradável para curtir os parques da Disney (na Flórida) ou passear por Nova York, a Califórnia aparece como uma excelente opção de viagem, com suas praias e cidades litorâneas muito charmosas.

Não espere por praias de água morna, mas se tem uma época em que é possível arriscar um mergulho no Pacífico da costa californiana, essa época é o mês de agosto. Os dias duram mais e assistir o por do sol será um ponto alto da viagem.

Aproveite para alugar um carro e dirigir pela costa oeste sem pressa, parando em cada cidade fofa pelo caminho e contemplando as belezas da Highway 1, como Julia Pfeiffer Burns Park, Monterrey, Carmel-by-the-Sea e Santa Bárbara. De San Francisco até Los Angeles são 600 km. Com mais tempo, estenda a viagem até San Diego ou até mesmo Las Vegas.

Não tem erro, a Califórnia sempre é uma boa opção!

Confira aqui todas as minhas dicas da Califórnia e monte seu roteiro ideal.

HIGHWAY 1 - dicas - roteiro
Costa Oeste – Califórnia

Havaí – Estados Unidos

Na capital do Havaí, Honolulu, a temperatura média em agosto fica entre 22 e 30ºC.

O arquipélago pode ser visitado durante todo o ano, mas em agosto é quando há menor precipitação, com dias de sol e calor, ideais para as atividades ao ar livre, que combinam tanto com destinos dessa natureza.

Ao lado do Alasca, tenho pra mim que o Havaí aparece como o estado mais exótico dos Estados Unidos, agradando surfistas, esportistas ou simplesmente quem quer conhecer essas ilhas tão encantadoras, que já foram cenários de muitos filmes e séries.

Trilhas, mergulhos, visita a vulcões, são exemplos de atividades que podem ser incluídas no seu roteiro.

Havaí – Estados Unidos

Sófia – Bulgária

Agosto é o auge do verão europeu, o que significa preços altos e muitos turistas, principalmente nos destinos praianos. Para quem gosta de agito, o mês de agosto é um prato cheio, as cidades estão animadas, cheias de festas e muito movimento.

Mas para quem quer apenas aproveitar o clima bom, sem necessariamente se envolver movimento das férias de verão, a boa pedida é o leste europeu.

Se assim como eu você sente atração por destinos diferentes, ainda pouco difundidos entre os turistas brasileiros, que tal aproveitar o mês de agosto para conhecer Sófia, a capital da Bulgária?

Em agosto as temperaturas médias ficam entre 14 e 26°C, ideal para passeios ao ar livre.

Apesar de ser mês de alta temporada na Europa, o leste europeu proporciona viagens com custos menores. Por não ser a Bulgária um país popular como outros destinos europeus, é sua oportunidade de conhecer um país no melhor período (verão), com bom custo-benefício e sem superlotação (como nas praias da Espanha, Portugal, França, Grécia, Croácia, etc.).

A capital Sófia e Plovdiv são as cidades mais visitadas da Bulgária, país que fazia parte da antiga União Soviética e tem muita história para contar, remetendo ao período dos Impérios Romano, Bizantino e Otomano.

Sófia – Bulgária

Ilhas Baleares – Espanha

Se o objetivo é praia + verão europeu, aparecem como sugestões as ilhas de Menorca e Mallorca. Em Mallorca está Palma, a capital da província.

Ibiza, mundialmente famosa por suas festas, é uma ótima opção pra quem quer animação, sem se preocupar com preços. Formentera, por sua vez, aparece como uma ilha menor, muito procurada pelas celebridades.

Quem visita as Ilhas Baleares no mês de agosto, pode esperar por mar azul turquesa, rochedos e belas paisagens naturais.

Ibiza – Espanha

Para onde viajar em Agosto: Destinos Nacionais

Serra Gaúcha – Rio Grande do Sul

Em agosto a temperatura média na Serra Gaúcha varia entre 8 e 18°C.

Muito se ouve falar em Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul, mas ali pertinho existe uma região chamada Vale dos Vinhedos, que faz parte da Rota ou Roteiro do Vinho e é capaz de cativar ainda mais os turistas, oferecendo um turismo enograstronômico de alta qualidade.

A Serra Gaúcha é dividida em regiões, cada qual com suas próprias características. Na região das Hortênsias está a cidade de Gramado, enquanto na região da Uva e Vinho, estão as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha e Monte Belo do Sul.

roteiro do vinho pode ser feito durante todo o ano, então se programe conforme as suas possibilidades.

Claro que não posso deixar de falar da Serra Gaúcha sem citar Gramado, a cidade turística mais famosa do Rio Grande do Sul.

A cidade de Gramado e a Serra Gaúcha (região vinícola) são destinos que podem ser visitados durante todo o ano.

Apesar disso, o clima muda conforme a época, bem como a quantidade de turistas na região.

Feriados em geral e durante as estações de outono e inverno são os períodos mais cheios, pois os turistas têm preferência para fazer essa viagem durante os dias de frio.

Aos finais de semana o movimento também cresce na cidade (de forma mais significativa durante os meses de alta temporada), pois as pessoas que moram nas cidades próximas, sobretudo Porto Alegre, aproveitam para curtir a região.

No mês de agosto acontece o Festival de Cinema de Gramado, e em setembro o Festival Internacional de Cultura e Gastronomia, cuja programação inclui degustações, oficinas, shows e teatros.

E, se você tiver sorte, poderá até ver neve em Gramado no mês de agosto!

Confira aqui todas as minhas dicas sobre a Serra Gaúcha: Vale dos Vinhedos: descubra o roteiro do vinho no Rio Grande do Sul.

Rota dos vinhos
Serra Gaúcha – rota dos vinhos

Manaus – Amazônia

Não há época boa ou ruim para conhecer a Amazônia, mas se você não quer chuva, melhor evitar os meses de março e abril.

Na Amazônia há somente duas estações climáticas bem definidas: seca e cheia.

Fevereiro a julho é o período de cheia. Agosto a janeiro a estação da seca. Em agosto as águas começam a recuar, sendo que em outubro a seca se acentua e as temperaturas se elevam.

Manaus te proporcionará experiências inovadoras: a cidade tem pontos turísticos imperdíveis, como o caso do Teatro Amazonas, muita história, cultura, gastronomia incrível e natureza ímpar.

Manaus representa a diversidade presente em nosso país e é a capital mais diferente que você conhecerá no Brasil.

Para completar a experiência, estenda a viagem até a selva amazônica e se hospede em um hotel de selva.

Leia aqui o post completo sobre Manaus: O que fazer em Manaus? Roteiro e passeios no Amazonas.

Manaus

Campos do Jordão – São Paulo

Campos do Jordão é linda em qualquer estação. O clima típico de serra (1700 metros acima do nível do mar) dá o ar da graça e torna a cidade um destino buscado durante todo o ano

A proximidade de São Paulo (180 km) também é motivo determinante para manter a cidade como um dos lugares turísticos mais procurados do país

No inverno essa procura aumenta ainda mais, pois é inevitável ir a Campos e não se sentir com um pezinho da Europa (Campos é apelidada de “Suíça Brasileira”). Falar isso pode até ser clichê, mas nem por isso deixa de ser verdade.

Programe-se dentro das suas possibilidades, pois quase sempre é alta temporada em Campos.

A época mais intensa, sem dúvida, é meados do ano, pois quando chegam as estações de outono e inverno, os turistas ficam doidos para aproveitar o melhor da cidade – o clima e sua culinária. Assim, com a chegada do outono, também se declara aberta a temporada dos vinhos e fondues

No geral as pessoas que procuram dias de descanso na cidade, não estão empenhadas em acordar muito cedo. O bom disso é que se você estiver disposto a acordar um pouco antes delas – e nem precisa ser tão cedo assim – você consegue adiantar toda sua programação em 1 ou 2 horas e “andar na contramão” da multidão: quando eles estiverem indo, você estará voltando.

Campos de Jordão no Blog MV: Campos do Jordão: tudo o que você precisa saber para sua viagem.

Destinos nacionais para sua lua de mel no Brasil
Campos do Jordão

Porto Seguro – Bahia

Porto Seguro, Arraial d’Ajuda e Trancoso, no litoral baiano, são destinos praianos que combinam com agosto, com temperatura média variando entre 19 a 26ºC. Agosto é o mês com menos 100mm de precipitação nessa área, por outro lado, venta bastante (se isso não for um problema pra você, a dica está de pé). 

Enquanto chove em outras praias do nordeste, essa região promete dias ensolarados.

O distrito de Arraial d’Ajuda é perfeito para quem busca lugares cheios de charme. Eis uma ótima opção para fugir do inverno e das chuvas que afetam outras praias do país.

Ao lado de Porto Seguro e Arraial d’Ajuda, está Trancoso, que se tornou um destino muito badalado nos últimos anos, principalmente no período de réveillon.

Agosto é uma boa oportunidade para visitar Trancoso e aproveitar suas praias com tranquilidade, sem aquele movimento todo do final do ano.

Por não se tratar de período de alta temporada, os preços estão atrativos e os lugares mais tranquilos, sem aquele intenso fluxo de turistas do verão.

Caraíva, no sul da Bahia (120 km de Porto Seguro), tal como os destinos já citados, é uma boa sugestão para o mês de agosto. A vila de pescadores tem ruas de areia, casinhas coloridas e proporciona belos dias de descanso em meio à natureza pacata. A vila está cercada de água: rio de um lado e mar do outro. O turismo vem avançando ano a ano, mas ainda dá tempo de conhecer esse refúgio antes que ele se transforme em uma nova “Trancoso”.

Porto Seguro – Bahia

Jericoacora – Ceará

Outro estado que é propício para o mês de agosto é o Ceará, que tem um regime de chuvas diferente das outras praias do nordeste.

Então, ao lado da Bahia, aparecem como sugestão as praias do Ceará, com destaque para Jijoca de Jericoacoara.

Se para alguns a vila do litoral cearense já perdeu a graça, para outros o sonho de conhecê-la ainda está presente, sendo considerada uma das melhores praias do nordeste.

Em agosto o tempo bom em Jeri, com sol e garantia de preços mais atrativos do que no final do ano, quando as férias de verão geram um boom no mercado turístico.

Aproveite para curtir as praias, as lagoas, fazer passeio de quadriciclo, curtir a vilinha com chão de areia e ver belos pores do sol.

Um ponto que pode ser positivo ou negativo, dependendo dos seus interesses, é que agosto é temporada dos ventos, propiciando a prática de windsurf e kitesurf.

Destinos nacionais para sua lua de mel no Brasil
Jericoacoara – Ceará

Chapada dos Guimarães – Mato Grosso

A Chapada dos Guimarães é uma típica cidadezinha de interior, habitada por cerca de 20 mil habitantes e localizada a aproximadamente 70 quilômetros da capital Cuiabá. Talvez passasse despercebida entre blogs e roteiros de viagem se não fosse a natureza exuberante que lhe rodeia. Cachoeiras, mirantes, planaltos e cavernas de arenito são algumas das atrações que a Chapada reserva para você.

O curioso é que se trata da única chapada nacional que tem como polo principal uma cidade do mesmo nome.

Assim, Chapada dos Guimarães é, ao mesmo tempo, nome do Parque Nacional (com 33 mil hectares) e nome do município onde está o parque, município este que já foi considerado o maior município do mundo, com 269 km² de extensão.

A vegetação de cerrado e os planaltos são marcas registradas perceptíveis desde a estrada que liga Cuiabá à Chapada. O fácil acesso também é mais um ponto positivo para quem pretende conhecer o destino.

Entre os meses de abril a setembro você pode se programar para conhecer a Chapada dos Guimarães com tranquilidade, pois é período de seca na região.

Quer mais dicas sobre a Chapada dos Guimarães? Então confira o meu post completo: Chapada dos Guimarães (MT): guia com passeios, restaurantes e pousadas.

A Chapada dos Veadeiros, em Goiás, também aparece com destaque no mês de agosto. Compensa alugar um carro em Brasília e dirigir por 240 km até as belas cachoeiras do parque nacional. Desfrute de formações rochosas e vegetação típica de cerrado. Algumas atrações podem ser visitadas por conta, enquanto outras necessitam da presença de um guia.

destinos nacionais pós pandemia
Chapada dos Guimarães – MT

Jalapão – Tocantins

O Parque Estadual do Jalapão foi criado no ano de 2001 e também é conhecido como “deserto das águas“.

O parque é uma unidade de conservação localizada no leste de Tocantins, com área total de 158 970,95 ha.

O nome “Jalapão” tem origem em uma planta chamada jalapa-do-brasil – tem até uma cachaça feita da planta.

Se você quer fazer uma viagem de ecoturismo, adora paisagens naturais, dunas, chapadões, serras, rios, riachos, ribeirões, fervedouros e nascentes, o Jalapão é o seu lugar!

O Jalapão possui apenas duas estações bem definidas – a estação seca (maio até outubro) e a estação chuvosa (novembro até abril). Abril e outubro são meses intermediários.

Assim, agosto aparece como um bom mês para visitar o Jalapão, visto que se trata de período de seca.

Para entender tudo sobre esse destino peculiar, confira o post: Jalapão: guia completo do deserto das águas no Tocantins.

fervedouro por enquanto jalapão
Jalapão – Tocantins

Ouro Preto – Minas Gerais

Minas Gerais, apesar de não ter litoral, é um dos estados mais completos do Brasil, pois além de possuir a sexta maior capital do Brasil, está repleto de belezas naturais como Capitólio, Serra da Canastra e Ibitipoca, cidades históricas como Ouro Preto, Mariana, Tiradentes e outras que se estendem ao longo da Estrada Real.

Ouro Preto está localizada a cerca de 100 quilômetros de Belo Horizonte e a forma mais fácil de chegar é alugando um carro em BH. A estrada tem bastante curvas, mas é bem sinalizada. Indo devagar e com cautela você se sairá bem!

Ah Ouro Preto, que delícia de cidade! Sabe aquele lugar que você pode não ter nenhum roteiro pré-definido, nenhuma programação estabelecida e, mesmo assim, tudo será perfeito?

Ouro Preto é assim! O clima bucólico já foi o suficiente para me apaixonar pela cidade histórica mais bem preservada do Brasil. Uma cidade que respira história, arte e cultura a cada esquina.

E o que seria da cidade se não fosse seu povo? Ouro Preto marca ponto de novo, assim como toda Minas Gerais de forma geral, pois quando penso num povo simpático e receptivo, MG me vem à cabeça logo de cara.

Caminhar pela cidade conhecida por suas ladeiras de paralelepípedos é fazer uma viagem no tempo.

Não deixe de passear pela Rua Direita (a mais movimentada de Ouro Preto), entrar nas lojinhas de pedras preciosas lapidadas e depois parar para um café… Opções de cafés não faltam!

Aproveite e estenda viagem até Brumadinho, a 55 km de Belo Horizonte, para conhecer Inhotim e seu grande acervo artístico, tido como o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. São mais de 170 obras de arte em exposição permanente, 98 bancos do designer Hugo França, além da galeria de Adriana Varejão e do jardim botânico com plantas exóticas.

Confira o post completo: Ouro Preto em 2 dias: dicas e roteiro em Minas Gerais.

Ouro Preto – MG

Lençóis Maranhenses – Maranhão

A temperatura média em agosto fica entre 22 e 33°C.

As lagoas costumam estar cheias (o período de lagoas cheias vai de meados de junho até setembro), pois as chuvas já acabaram, então esse é o momento ideal para visitar a região, inclusive pelo fato de que os turistas das férias de julho já foram embora.

Lençóis Maranhenses é considerado um destino paradisíaco, com muitas dunas de areia branca e lagoas de água doce que proporcionam um delicioso mergulho. As piscinas naturais estão distribuídas ao longo de 70 km da costa.

A principal cidade base para quem visita os Lençóis é Barreirinhas, localizada a 4 horas de São Luís. Por sua vez, nas cidades de Atins e Santo Amaro concentram as lagoas mais bonitas. Por isso a melhor ideia é dividir a sua hospedagem entre as 3 cidades base, conhecendo de forma completa esse paraíso de águas cristalinas.

destinos para viajar em junho
Lençóis Maranhenses – MA

Outras sugestões de destinos nacionais ideais visitar em agosto

Bonito/MS: agosto é a melhor época para a prática de mergulhos em Bonito, pois a visibilidade da água está excelente. O ponto negativo é que pode fazer frio nessa época (não significa que necessariamente estará frio, mas pode acontecer de sua viagem coincidir com uma semana gelada).

Caldas Novas e Rio Quente/GO: agosto é frio, e nada melhor do que águas termais para relaxar. Capital das águas quentes, Caldas Novas, combina com agosto, quando já passou as férias de julho, reduzindo o fluxo de turistas e aumentando a oferta de hospedagens.

Fernando de Noronha/PE: agosto e setembro são ótimos meses para curtir praia e fazer mergulho na ilha mais queridinha do Brasil. Dias ensolarados e praias com águas calmas (nas praias do Mar de Dentro), fazem a alegria dos turistas.

Praias do Sudeste: o tempo fica predominantemente firme em agosto, mas as temperaturas são amenas, com máximas em torno dos 25ºC. Se água fria e dias não tão quentes não forem um problema, considere as praias do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Sempre que você faz sua reserva ou adquire um produto/serviço através de um link do MV, o blog recebe uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter o Mala de Viagem sempre atualizado!

Hospedagem

Booking.com

Aluguel de carro

Rent Cars

Seguro Viagem

Seguros Promo

Passagens aéreas

Passagens Promo

Passeios e ingressos

Get Your Guide

Chip Internacional

SimPremium


Author

Wanderlust por natureza, no meu tempo livre estou sempre programando uma nova aventura ou experiência, pois acredito que a melhor viagem é sempre a que está por vir!

Write A Comment

O que levar na mala para uma viagem de inverno Viagem do mês: 10 destinos para viajar em novembro Viagem do mês: 10 destinos para viajar em outubro Viagem do mês: 10 destinos para viajar em setembro Viagem do mês: 10 destinos para viajar em maio Viagem do mês: 10 destinos nacionais para viajar em agosto Paris Museum Pass: descubra se ele vale a pena para a sua viagem Qual a melhor forma de usar metrô em Paris? Ideias de passeios para um roteiro de 5 dias em Paris Viagem do mês: 10 destinos para viajar em julho