Mala de viagem

O que levar na sua mala para uma viagem de resort?

Pinterest LinkedIn Tumblr

Com anos de prática, arrumar mala faz parte da minha vida desde criança (não apenas para viagens de lazer, mas por conta da minha história mesmo), então é algo que eu faço sem dificuldade. Mas a minha realidade pode ser diferente da sua, então nada melhor do que um post bem explicadinho para passar um pouquinho dessa minha experiência para quem precisa fazer uma mala para uma viagem para um resort e está com dúvida do que levar.

Confira também aqui no Blog Mala de Viagem: Os melhores resorts do Brasil

A escolha da mala para viagem de resort

Bom, o primeiro passo é a escolha da mala a ser levada para a sua viagem de resort, e isso vai depender da quantidade de dias da sua viagem e se é uma viagem nacional ou internacional.

Para viagens de até uma semana, uma mala de mão (estilo mala de bordo) + uma mochila, facilmente dão conta do recado.

Para viagens maiores ou viagens internacionais, de repente uma mala média encaixa melhor. No caso da viagem internacional existem ainda as regras de bagagem, como limitação de líquidos na mala de bordo.

Hoje em dia, as malas com quadro rodinhas costumam ser as melhores, pois são fáceis de transportar e possuem mais estabilidade (do que as antigas malas de 2 rodinhas apenas).

Se você optar por levar uma mala de bordo + uma mochila, então saiba que poderá levar essas duas unidades com você dentro de um voo nacional.

Embora em regras as malas de bordo não estejam mais sendo pesadas no momento do check-in ou embarque, esse é um procedimento previsto e pode ser acontecer. Então não coloque mais de 10 kg na sua mala.

Em relação à mochila, a dica também é evitar peso excessivo, pois vai te causar transtornos no deslocamento, principalmente se você for pegar um voo com conexão.

Também evite carregar mais de três itens. Vejo muita gente andando pelos aeroportos com mala de bordo + mochila + bolsa + sacola… e isso me parece ser uma situação bem desconfortável. Além disso, você pode ter problemas no momento do embarque caso esteja carregando muita coisa.

No caso de optar por levar uma mala média, lembre-se que ela deverá ser despachada e que as companhias aéreas cobram por esse serviço nos voos dentro do território nacional (exceto de você for cliente fidelidade de categoria que inclua gratuitamente o despacho de bagagem).

A partir do momento que você decidir que vai despachar bagagem, não tendo o serviço incluso na sua passagem, o ideal é contratar com antecedência pela internet e já fazer o pagamento, pois se você deixar para fazê-lo no aeroporto, o custo será mais elevado. Além disso, saiba que você precisará comprar a bagagem despachada para ida e para a volta, pois as compras são separadas.

Bom, resumidamente, pela praticidade o ideal é viajar apenas com a mala de bordo, então se sua viagem for curta, faça um esforço para se encaixar nessa opção.

Indico o Portal das Malas, um site confiável e prático para quem quer comprar malas, mochilas e acessórios para viagem de qualidade e com ótimos preços. Sempre há boas promoções.

Inclusive, leitor do blog MV, além dos descontos que já aparecem no próprio site, tem 5% de desconto extra utilizando o cupom BLOGMALADEVIAGEM – clique aqui para comprar sua mala com mais desconto.

Os preparativos para uma mala de resort

Seja qual for a viagem, eu gosto de começar minha organização separando tudo que eu gostaria de levar. Claro que o bom senso precisa ser aplicado, pois não dá para “mandar descer” o closet todo!

Numa mala para viagem de resort, eu parto da premissa que estará calor. Penso num ambiente cheio de piscinas, mar, sol… Então vou focar na sessão “verão” do guarda-roupas.

Mas, antes de começar a escolher de fato as roupas, é bom checar a previsão do tempo, e isso não pode ser feito com tanta antecedência. Eu chamo essa fase de “primeira checagem do tempo”, e faço isso uma semana antes da data da viagem. Depois, na véspera da viagem, eu faço a minha segunda checagem do tempo, para confirmar se o que eu separei está de acordo com a previsão.

mala viagem resort

Bom, confirmado o tempo bom, é hora de separar as roupas (eu começo sempre por elas) e gosto de colocar em cima de uma cama ou em uma superfície onde eu consiga ter uma bela noção de tudo que separei.

Numa viagem de resort, regra básica para não errar são dois looks por dia, um para o dia e outro para a noite. Conte quantos dias serão de viagem e pense nos looks dia a dia.

Tente imaginar o seu dia a dia da viagem. Nessa fase de organização de mala, você já está com passagens compradas, já sabe os horários de partida, chegada, quantos dias vai ficar… E mais: provavelmente você já saiba qual roteiro vai fazer.

Se o objetivo é ficar relaxando todos os dias da viagem no resort, ok, mais fácil ainda. Porém, se haverá passeios intercalados entre momentos de relaxamento nas piscinas, isso também precisa ser levado em conta na hora de fazer a sua mala.

O jeito mais fácil para não errar é justamente esse: alinhar o roteiro da viagem com os seus looks. Basta pensar assim:

  • No dia da chegada: vou chegar que horas? O que vou fazer nesse dia? Vou precisar de um look para o dia e outro para a noite?
  • Nos dias inteiros da viagem: vou ficar apenas no resort durante toda a viagem? Vou fazer passeios? Onde serão as refeições em cada dia?
  • No dia do retorno: que horas voltarei? Vou acordar e já colocar a roupa de voltar ou vou precisar de mais de um look?

Pode parecer estranho num primeiro momento, mas não é difícil. É só ir pensando no seu dia a dia e analisando quantos looks por dia serão necessários, conforme o que você planejou para cada dia.

Você vai perceber que talvez em determinado dia você precisei de mais roupas, enquanto em outros dias, apenas um look será o suficiente. Esse é o melhor jeito para não exagerar na hora de arrumar sua mala.

Mas agora talvez você esteja pensando: “ué, mas quem disse que eu sei o que vou fazer cada dia?”.

Se você é do estilo que deixa para decidir o roteiro da viagem durante a viagem, então parta da premissa básica: um look para o dia + um look para a noite*.

*Eu particularmente não coloco um look para noite para cada dia da viagem, pois acho desnecessário, visto que na maioria das vezes “só vou ali rapidinho jantar e já volto”. Se você também acha desnecessário um look de noite para cada dia da viagem, então considere levar um look para cada duas noites ou fazer uma nova combinação a partir de um look do dia (ex. na primeira noite você usa o vestido que escolheu para o terceiro dia).

Sabendo para onde você está indo, sabendo a previsão do tempo (embora seja uma probabilidade) e o estilo da viagem (praia e piscina), fica bem intuitivo saber o que levar na mala para uma viagem de resort.

E que estilo de roupas eu devo levar?

Bom, apesar de falar sobre “estilo” ser um tema delicado, visto que cada um tem o seu próprio estilo, eu particularmente apostaria em peças leves e coloridas.

Eu gosto muito de peças únicas como vestidos e macacões, pois além de facilitar na hora da produção, ocupam menos espaço (eu sempre penso na otimização).

Roupas com tecidos pesados, volumosos e que amassam eu prefiro evitar. Ninguém merece viajar para relaxar e ter que passar “a mala inteira”.

mala viagem de resort

Vai fazer uma viagem internacional? Então viaje sem seguro! No site Seguros Promo você pode fazer uma comparação detalhada e fácil dos preços dos seguros ofertados, analisando qual tem o melhor custo benefício para a sua viagem. Contrate AQUI o seu seguro viagem com desconto, utilizando o cupom MALADEVIAGEM5.

mala viagem resort

Roupas separadas, e agora?

Depois que você chegou na sua quantidade ideal de roupas, que pode ser mais ou menos do que eu indiquei conforme as suas necessidades, é hora de pensar nos sapatos e acessórios.

Sapatos para uma viagem de resort não tem nenhum segredo: chinelo que possa molhar, uma rasteirinha, uma sandália baixa e talvez um tênis (para quem gosta de praticar atividades físicas durante a viagem ou vai fazer alguma trilha).

Acho que um chinelo + uma sandália baixa OU uma rasteirinha + um tênis, já fecha bem a conta. O ideal é optar por cores coringas (branco, preto, marrom, dourado), para facilitar as combinações.

mala viagem de resort

Os demais acessórios são os possíveis anéis, colares, brincos, pulseiras que você gosta de usar. Isso é muito pessoal, pois algumas pessoas são mais básicas e usam as mesmas peças durante toda a viagem e outras gostam de variar.

Nesse quesito eu sou bem “de lua” – tem viagem que eu levo só o que uso no meu dia a dia e pronto, e tem viagem que eu gosto de montar uma necessaire com várias opções. Separo em saquinhos menores para não misturar tudo e virar um nó!

Ainda na parte dos acessórios, não podemos nos esquecer do(s) óculos de sol, chapéu(s) e acessórios para cabelo (eu gosto de fazer um coque alto quando vou à piscina ou praia).

Continuando, vem a parte dos biquinis e maiôs. Se por um lado eu gosto de “economizar espaço” com roupa para noite, por outro, eu não economizo nada quando o assunto é roupa de banho – sorte que ocupam pouco espaço.

E novamente essa é uma parte que vai do gosto pessoal de cada pessoa. Algumas pessoas preferem levar uma ou duas roupas de banho e pronto. Enquanto outras preferem usar cada dia um look diferente ou até dois looks diferentes por dia. Por ser algo que não ocupa tanto espaço, fica ao seu critério.

mala viagem de resort

O ideal é pensar também nas saídas de banho, porque talvez a roupa que você colocou de manhã para tomar café, não seja tão prática para sair da piscina e ir almoçar.

Eu gosto de unificar tudo num look só: algumas saídas de banho não são transparentes, podendo facilmente ter essa função dupla entre “look do dia” e “saída de piscina”. Assim você também já economiza um espaço na mala e fica bem vestida o dia todo.

mala viagem de resort

Por fim, as bolsas da viagem: eu costumo levar uma mochila + uma bolsa pequena se eu for sair (exemplo: dar uma voltinha na cidade/na vilinha) + uma bolsa de praia/piscina.

Esse é o básico que funciona. Eu uso a mochila porque só uma mala de bordo nem sempre é o suficiente. A bolsa pequena de sair vem dentro da mochila e a bolsa de praia eu opto por aquelas dobráveis.

Sei que existem modelos lindos de bolsa de praia, porém são modelos mais estruturados, que geralmente não cabem dentro da mala. Se você quer levar uma bolsa dessa, então aconselho substituir a mochila de costas pela bolsa de praia e levá-la consigo dentro do avião. Também funciona bem!

O mesmo a ser dito sobre os chapéus: eu prefiro os modelos dobráveis, mas quando estou com receio de amassar, coloco dentro da mala bem posicionado, encho de roupas na área da cabeça e deixo ele bem alinhado, para evitar danos… ainda assim às vezes chega uma pouquinho amassado. Outra opção é levar na mão mesmo (mas acho bem desconfortável viajar com um chapéu na mão).

Para finalizar, sobre as roupas íntimas e pijamas, vale a pena uma necessaire separado, pois são peças pequenas que se você não manter aglomeradas, depois vira uma bagunça na mala.

Confira também aqui no Blog Mala de Viagem: 10 destinos para as suas férias de final de ano no Brasil

E os extras da mala para uma viagem de resort?

Já falamos do básico, que são as roupas, os biquinis, os sapatos e acessórios… Mas agora vem “todos os extras” – que eu acho a parte mais chatinha de organizar.

E nessa parte eu começo pelos itens de higiene pessoal:

  • Shampoo, condicionador e sabonete (embora bons hotéis ofereçam amenities de qualidade, pode ser que você faça questão de usar os seus próprios produtos por algum motivo).
  • Produtos para cabelo: creme para pentear, sérum, protetor térmico, etc.
  • Cremes: seus hidratantes corporais, seus produtos de cuidados com o rosto, etc.
  • Protetor facial e corporal.
  • Desodorante e perfume.
  • Seus produtos de maquiagem, demaquilante, sabonete facial, etc.
  • Algodão, cotonete, pasta e escova de dentes, fio dental, enxaguante bucal e demais produtos do seu uso diário.

Bom, eu fiz uma listinha básica, mas essa parte realmente eu não posso ir mais fundo porque são itens muito pessoais e cada pessoa tem seus hábitos diários e necessidades diferentes.

O que eu sugiro é colocar tudo em embalagens menores, por dois motivos: ocupar menos espaço + não tem problema na bagagem de mão.

Embora as regras das companhias nacionais não sejam tão claras quanto à quantidade de líquido que pode ir na mala de mão, eu prefiro colocar tudo em embalagens menores de 100ml. Porém, algumas embalagens (a exemplo do perfume) costumam ser um pouquinho maiores (120, 130ml) e nunca tive problemas com isso.

A organização mais prática é em necessaires. Às vezes eu divido tudo: uma necessaire para cada tipo de coisa se forem pequenas ou, dependendo do meu espaço, coloco tudo numa necessaire maior. Os dois jeitos funcionam pra mim.

Outros “extras” podem ser necessários a depender da viagem e das suas necessidades, mas de modo geral esses são os itens principais.

mala viagem resort

E os eletrônicos e documentos?

Hoje em dia é difícil pensar numa viagem sem levar eletrônicos. Celular, fone de ouvido, carregadores, notebook, caixinha de som portátil, câmeras fotográficas, drone… E a lista de alguns ainda continua…

Os eletrônicos não podem ser despachados. Então, se você for viajar de avião, lembre-se disso. Eu sempre levo os eletrônicos comigo, num local sempre visível aos meus olhos.

O mesmo eu digo em relação aos documentos: sempre com você, num local de fácil acesso e seguro.

Confira também aqui no Blog Mala de Viagem: Destinos nacionais para viajar depois da pandemia

mala viagem resort

Como arrumar tudo dentro mala?

E para quem tem dúvida sobre como arrumar tudo dentro da mala, aqui vão as minhas dicas:

Seja uma mala para uma viagem para um resort ou para qualquer outro destino, a organização é muito importante e uma mala bem feita é aquela bem ocupada, sem espaços vagos.

Não estou dizendo que é pra você levar a mala estourando ou ter que sentar em cima para fechar, mas sim para você preencher espaços e deixar a mala compactada.

Muita gente se admira quando acompanha meus Stories do @maladeviagem, perguntando como eu coloquei tanta coisa dentro de uma mala pequena…

Não tem segredo, mas sim organização.

Eu sou muito adepta dos organizadores transparentes com zíper. Uso eles para colocar as minhas roupas. Já deixo os looks todos separados ali, num “esquema” que fique fácil entender. Exemplo: um organizador é para roupas que vou usar a noite, no outro coloco roupa de banho, no outro coloco os looks que separei para usar durante o dia.

Outra opção é organizar por dia de viagem. Quando eu já sei qual look vou usar cada dia, gosto de separar por partes. Exemplo: no primeiro organizador as roupas que vou usar nos primeiros dois ou três dias de viagem; no segundo organizador as roupas do quarto e quinto dia; no terceiro, as roupas dos últimos dias da viagem. Isso é bom pq a mala não fica bagunçada.

O critério de organização você pode criar, fazendo como ficar mais prático pra você.

mala viagem resort

Se você não tem organizadores de roupas/looks ainda, mas mesmo assim quer fazer uma mala bem otimizada, então você pode usar saquinhos plásticos transparentes para separar os looks. Em cada saquinho você coloca um look diferente, assim não vai virar aquela bagunça, nem corre o risco de inverter e usar a saia do dia um com a blusa do dia cinco!

Claro que fotografar tudo também ajuda! Já teve viagem que eu não fotografei os looks achando que iria lembrar de tudo com facilidade. Deu tudo errado: troquei tudo, tanto as roupas quanto os dias!

A partir daquele dia eu fotografo cada look e anexo ao aplicativo Trello, junto ao roteiro da viagem dia a dia. Parece trabalhoso, mas na verdade isso é uma “mão na roda” na hora de se arrumar na viagem: já sei onde está cada coisa, o que usar com o que e quando usar! Fico pronta em poucos minutos!

Quanto aos sapatos, eu tenho duas sugestões: a primeira seria o uso de toca de banho descartáveis para acomodá-los – funciona bem e ocupa menos espaço do que sacola plástica. A segunda opção são os próprios saquinhos de pano onde vieram os sapatos – eu costumo guardá-los para reaproveitar nas viagens.

Para roupa suja eu levo um saco de pano extra ou uso um organizador de roupas para isso. Para viagens longas, tem ainda a opção do saco à vácuo, que compacta bem a roupa, poupando mais espaço na mala.

mala viagem resort

Além do post de hoje, sobre como fazer a sua mala para uma viagem de resort, tenho também aqui no Blog MV outros posts sobre mala de viagem que pode te interessar: O que não pode faltar na sua mala de mão e O que levar e como organizar a sua mala.

mala viagem resort

Você gosta das minhas dicas? Siga o @maladeviagem no Instagram, assim você poderá acompanhar todas as minhas viagens em tempo real.

mala viagem de resort
Sempre que você faz sua reserva ou adquire um produto/serviço através de um link do MV, o blog recebe uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter o Mala de Viagem sempre atualizado!

Hospedagem

Booking.com

Aluguel de carro

Rent Cars

Seguro Viagem

Seguros Promo

Passagens aéreas

Passagens Promo

Passeios e ingressos

Get Your Guide

Chip Internacional

SimPremium
Autor

Wanderlust por natureza, no meu tempo livre estou sempre programando uma nova aventura ou experiência, pois acredito que a melhor viagem é sempre a que está por vir!

1 Comentário

Escreva um comentário