BrasilPernambucoPorto de Galinhas

Porto de Galinhas: dicas de onde ficar, onde comer e o que fazer

Porto-de-Galinhas at 09.06.46

Localizada no município de Ipojuca, ao sul de Pernambuco, Porto de Galinhas é uma praia mundialmente conhecida por suas piscinas naturais de águas mornas e claras que se formam entre os corais. Nesse post você encontrará todas as informações necessárias para organizar e aproveitar muito sua viagem.

Porto de Galinhas também se destaca pelos seus estuários (ambiente de transição entre o rio e o mar), mangues, conjunto de recifes, coqueiros e areia branquinha.

O que muitos não sabem é que Porto de Galinhas nem sempre teve esse nome, já que no início a região era chamada de Porto Rico, haja vista sua abundância em pau-brasil.

No período escravocrata, foi o principal ponto de comércio ilegal de escravos do nordeste. Na maioria das vezes os escravos chegavam escondidos sob engradados de galinha-d’angola e eram anunciados com a frase “tem galinha nova no porto“. Foi a partir de então que a praia de Porto Rico passou a ser chamada de Porto de Galinhas.

A partir de 1990, a vila de pescadores se transformou em um dos destinos praianos mais procurados do nordeste brasileiro, tanto por turistas nacionais quanto por estrangeiros.

Porto de Galinhas

Como chegar em Porto de Galinhas

Situada no estado de Pernambuco, Porto de Galinhas está localizada a apenas 64 km de Recife.

Portanto, para quem chega de avião, a forma mais simples e rápida é desembarcar no Aeroporto Internacional de Recife/Guararapes e depois alugar um carro para ir até Porto de Galinhas.

Caso alugar um carro não esteja nos seus planos, você poderá ver com seu hotel se há disponibilidade de serviço de transfer. Muitos hotéis buscam os hóspedes no aeroporto de Recife, a um custo extra.

Caso opte por alugar um carro, poderá incluir na sua viagem outros destinos além de Porto de Galinhas, visitando praias vizinhas ou até mesmo fazendo uma road trip até Maceió (211 km), que foi a minha opção.

Em relação ao aluguel de carro, recomendo os serviços da Rentcars, que faz a busca dos melhores preços em locadoras diferentes, apresentando a você o melhor deles.

Letreiro disputado em Porto de Galinhas

Confira o vídeo com a descrição do nosso roteiro completo pelo litoral de Pernambuco e Alagoas:

Quando visitar Porto de Galinhas

O clima se mantém quente durante todo o ano (a temperatura média da água costuma variar entre 26 e 28 graus e a temperatura média anual é de 28 graus), mas os meses de chuva e vento devem ser evitados se o seu desejo é conhecer as piscinas naturais de água calma e cristalina.

Passado o período de inverno e chuvas (junho até agosto), as águas voltam a acalmar e recuperam a tonalidade azul.

A partir de setembro já costuma ser uma boa época para conhecer a região. Porém, as condições climáticas podem variar bastante de um ano para outro, e o que vai determinar se é ou não a melhor época para visitar Porto de Galinhas é a intensidade e período de chuvas.

Quando chove e venta, a água dos rios se mistura à água do mar, deixando-os mexido e turvo. A consequência é a perda da visibilidade nas piscinas naturais.

De dezembro até março é alta temporada, período no qual aumenta o fluxo de turistas em muitas vezes, os preços.

Piscinas naturais em Porto de Galinhas | Foto: Sávio – @savio_passeiosdejangada

Quanto tempo ficar

O tempo a ficar depende do que você pensa em incluir no seu roteiro.

Caso queira ficar apenas na região de Porto de Galinhas para relaxar, visitando além da praia da Vila as praias de Muro AltoCupe e Maracaípe, de 4 a 5 dias será o suficiente.

Todavia, o que eu entendo mais adequado é estender mais a viagem e contemplar lugares como Praia de Carneiros (para a qual recomendo reservar uns 2 dias) ou mesmo seguir viagem pelo estado de Alagoas, que foi o que eu fiz:

Num roteiro de 9 dias de carro, comecei a viagem em Porto de Galinhas e estendi até Barra de São Miguel, em Alagoas. Cada dia visitando um lugar diferente, foi a melhor viagem ao nordeste que fiz até agora!

Piscinas naturais em Porto de Galinhas | Foto: Sávio – @savio_passeiosdejangada

Onde se hospedar: Porto de Galinhas Praia Hotel

Embora pequena, Porto de Galinhas conta com uma vasta rede hoteleira: pousadas, hotéis, resorts… Opções não faltam e atende a todos os perfis de viajantes.

Durante nossa passagem por Porto de Galinhas, escolhemos o Porto de Galinhas Praia Hotel (pertencente à PGA Administradora de Hotéis LTDA.) para nos hospedar, que atendeu com louvor todas as nossas necessidades.

Porto de Galinhas Praia Hotel

O hotel está localizado a 2,5 km da Vila de Porto de Galinhas, e dentre suas facilidades, conta com acesso ao mar, serviço de praia, bar de praia/piscina, piscina infantil e adulto, playground infantil, restaurante com opção de café da manhã, meia pensão ou pensão completa, lobby bar, espaço fitness, room service, atividades recreativas, salão de eventos e acomodações em diversas categorias.

Piscina adulto e acesso ao mar

Além disso, o SPA internacional Amay Wellness está prestes a ser inaugurado.

São 204 suítes/apartamentos projetados para atender cada um dos hóspedes, tratando cada um deles de forma exclusiva. A excelência no atendimento é mais um ponto de destaque do Porto de Galinhas Praia Hotel.

A área do hotel é toda rodeada por jardins, lago de carpas ornamentais e espaço verde. Lounges com sofás e poltronas espalhados pelo ambiente garantem bons momentos para relaxar, conversar ou ler um livro.

As refeições, de padrão internacional, são servidas do restaurante do hotel. Ao hóspede são ofertadas três opções de diária:

  • diária com café da manhã incluso
  • diária com meia pensão (café da manhã e jantar)
  • diária com todas as refeições (café da manhã, almoço e jantar) – apenas as bebidas são cobradas à parte.

Nossa diária foi com opção completa e assim tivemos a oportunidade de experimentar todas as refeições oferecidas pelo hotel. Posso afirmar que a excelência na qualidade e variedade de todas elas.

O café da manhã é composto por sucos, iogurtes, frutas, pães doces e salgados, bolos, cafés, frios, pratos quentes, além da opção de tapioca de diversos sabores feitas na hora.

Seção com opções variadas de suco detox na entrada do café da manhã

O nosso almoço foi servido no bar da piscina/praia, um ambiente aberto, com vista tanto para a piscina quanto para o mar. As opções à la carte incluem saladas, peixes, carnes e sobremesas.

O jantar novamente atendeu às nossas expectativas, confirmando a alta qualidade da gastronomia oferecida no Porto de Galinhas Praia Hotel em todas as refeições.

Tivemos a oportunidade de nos hospedar em uma suite master do Porto de Galinhas Praia Hotel.

Com muito espaço interno e portas do chão ao teto, o quarto recebe iluminação natural e vista para os jardins.

As suítes são equipadas com uma cama king-size ou duas camas de casal; dispõem de uma banheira de hidromassagem ao ar livre nos apartamentos térreos, além de banheira interna separada da ducha.

O conforto do quarto com banheira interna e hidromassagem externa fizeram todo o diferencial durante nossa estadia: além de aproveitar momentos de lazer na área externa do hotel, ainda tínhamos mais opções para relaxar dentro do próprio quarto!

Além da opção suíte master, o Porto de Galinhas Praia Hotel apresenta as seguintes opções de acomodação:

  • Suite superior com vista para o mar
  • Suite luxo com vista para o jardim
  • Suite superior
Parte externa das suítes master

E depois de tanto descanso e comida farta, quem tal uma passadinha na academia equipada com aparelhos super modernos, para manter a forma em dia?

Fitness center climatizada e com equipamentos modernos

O charme do Porto de Galinhas Praia Hotel, o atendimento exclusivo e o clima acolhedor de Porto de Galinhas me fez sentir como em minha própria casa. Momentos de lazer e descanso fizeram parte dos meus dias em Porto de Galinhas, uma experiência que recomendo a quem tem por prioridade um serviço impecável, gastronomia de qualidade e conforto na acomodação.

O Porto de Galinhas Praia Hotel está muito bem avaliado no booking.com, recebendo a classificação de hotel “fantástico”.

O que fazer em Porto de Galinhas

Passeio de Jangada

O passeio de jangada até as piscinas naturais é o mais procurado pelos visitantes.

O horário de saída varia conforme a tábua de maré, portanto, é possível se ter uma previsão da saída, mas o horário exato só será anunciado no dia do passeio. A maré precisa estar abaixo de 0.5, caso contrário a visibilidade fica prejudicada. Confira aqui a tabela da tábua das marés.

O melhor horário para ir até às piscinas naturais é 2 horas antes até 2 horas depois da maré mais baixa.

O ponto de encontro com o jangadeiro será na praia central da Vila de Porto de Galinhas (só chegar lá que você já vai ver as jangadas dispostas uma ao lado da outra).

As piscinas se formam próximas à areia, de modo que, na maré baixa é possível chegar caminhando em algumas delas.

No centro da Vila (na própria Praia da Vila), a Prefeitura de Ipojuca faculta aos turistas a opção de ir caminhando até algumas das piscinas naturais, gratuitamente. É preciso pegar uma senha e um guia acompanha um grupo de turistas. O tempo de permanência nas piscinas é limitado e a visita é somente contemplativa.

Todavia, recomendo que faça o passeio com jangada para ter a experiência completa (caso opte por ir caminhando, vai conhecer apenas uma parte das piscinas e sequer mergulhar nelas).

Fizemos o passeio com o Sávio@savio_passeiosdejangada (WhatsApp: 81 94509843) – que nos levou para nadar com os peixinhos coloridos em piscinas vazias e tirou fotos lindas durante o mergulho.

Depois de nos proporcionar momentos exclusivos em piscinas sem outros turistas, fomos até o ponto mais tradicional do passeio, onde fica a famosa piscina natural em formato de “mapa do Brasil”.

O diferencial do passeio de jangada com o Sávio, é que além da possibilidade de fazer um passeio privativo, ele oferece um serviço de fotos aquáticas usando GoPro e Dome, que proporciona aquele efeito interessante de foto metade dentro e outra metade fora da água.

Assim, você apenas se preocupa em aproveitar o mergulho, enquanto ele captura os melhores cliques! Vale super a pena!

Valor do passeio: o valor por pessoa é de R$ 30,00 (ref. agosto/2019). Crianças de 0 a 3 anos não pagam e de 4 a 6 anos pagam meia. No caso de passeio para o casal + fotos com o Sávio, o valor total é R$ 130,00.

Piscinas naturais em Porto de Galinhas | Foto: Sávio – @savio_passeiosdejangada

Passeio de bugue

O segundo passeio mais procurado em Porto de Galinhas é o passeio de bugue, chamado de “ponta a ponta”.

O passeio (até 4 pessoas) dura em média de 6 horas e o bugueiro busca os passageiros nas pousadas/hotéis e de lá parte segue até a Praia de Muro Alto. Outras paradas são na Praia do Cupe e no Pontal do Maracaípe.

Assim, o roteiro do passeio de contempla as praias de Muro AltoCupeda Vila e Maracaípe.

As praias de Muro Alto e Cupe são praias consideradas mais “exclusivas” (escolhida para abrigar resorts e condomínios de luxo), sem grande concentração de turistas. São ideais para quem gosta em ambientes mas vazios.

Os arrecifes da praia de Muro Alto transformam-na em uma grande piscina natural durante a maré baixa, quando a água fica cristalina e com muitos peixes.

Maracaípe é mais frequentada por praticantes do surfe e do kitesurfe. Se você não se encaixa nesses grupos, não se preocupe, pois Maracaípe continua sendo um ponto de visita essencial para todos que passam por ali:

No Pontal de Macaraípe os barqueiros navegam pelo Rio Maracaípe para mostrar os cavalos-marinhos aos turistas. No final da tarde, o pontal reserva o por do sol mais bonito da região.

Praia dos Carneiros

Da Barra de Sirinhaém (34 km de Porto de Galinhas), parte o passeio de catamarã até a Praia dos Carneiros, em Tamandaré, com duração de seis horas.

A Praia dos Carneiros é considerada uma das mais belas praias de Pernambuco, e realmente é! Águas calmas e transparentes, piscinas naturais, areia branca e uma infinidade de coqueiros: impossível não se apaixonar por Carneiros.

O ideal é visitar Carneiros na lua crescente ou minguante, que coincide com o período de maré morta: a água se mantém em nível intermediário (não sobe nem desce muito) e fica ideal para banho.

Caso esteja de carro, de Porto de Galinhas até Carneiros são 52 km. Fui para passar o dia, mas acho que é um destino que “pede” para que você passe pelo menos uma noite, caso caiba no seu roteiro.

Caso opte por ir de carro e apenas passar o dia, como eu fiz, ao chegar na Praia dos Carneiros, você deverá escolher um dos restaurantes para ficar (estacionar o carro e ter acesso à praia). O mais procurado (mais cheio também) é o Bora Bora, mas há outros indicados como o Restaurante Beijupirá e o Mustako.

Durante sua passagem por Carneiros, não esqueça de percorrer a extensão da praia, passando em frente à famosa Capela de São Benedito.

Capela de São Benedito – Praia dos Carneiros

Os passeios oferecidos na praia são: visita às piscinas naturais, passeio de barco, catamarã, flyboard… A praia em si tem águas bem calmas, tornando-se um local perfeito para passar alguns dias em família, principalmente quem viaja com crianças.

Se decidir passar mais de um dia na Praia dos Carneiros, sugiro como a Pousada Paraíso Carneiros. Não me hospedei lá, mas seria a minha escolha caso voltasse para passar a noite.

O blog Família Sem Fronteiras passou mais tempo na Praia dos Carneiros e contou tudo como foi a experiência. Vale a pena conferir todas as dicas!

City tour em Recife e Olinda

Para quem opta por montar base em Porto de Galinhas, pode aproveitar o último dia da viagem para fazer um city tour em Olinda e Recife e depois ir direto para o aeroporto ou passar a última noite na capital antes de retornar.

É possível contratar o city tour saindo direto de Porto de Galinhas. A Luck Receptivo tem um quiosque dentro do Porto de Galinhas Praia Hotel para facilitar a contratação do passeio.

Outras opções de passeios:

Onde Comer

Os restaurantes se concentram na Vila de Porto de Galinhas, um lugar muito gostoso para curtir a noite (você encontra bares e forrós como o Brisa Pub, o Lua Caliente e o Girosca), comprar artesanato (as lojinhas aceitam cartão de crédito normalmente), passear pelar ruelas e provar a culinária local.

Dentre os restaurantes da Vila, destacam-se:

Uma vez em Pernambuco, não deixe de provar as comidas típicas: bolo de rolo (espécie de rocambole com massa fina e recheios de diferentes sabores, embora o tradicional seja de goiabada); cartola (banana, canela e queijo coalho); arrumadinho (farofa, feijão verde e molho à campanha); mungunzá (espécie de canjica); nego bom (uma típica bananada); além dos tradicionais cuscuz, tapioca e pé de moleque.

Uma vez passeando pela Vila, encante-se pelo artesanato local – priorize e incentive esse trabalho manual. As galinhas coloridas representam o mais típico souvenir da região. E quer saber de uma coisa? É absolutamente impossível resistir ao seu encanto!

Impossível comprar apenas uma!

Antes de visitar Porto de Galinhas, passamos por Fernando de Noronha. Confira aqui no blog MV todas as dicas planejar e organizar sua viagem a Noronha.

Agora o Mala de Viagem também está no TripAdvisor, com todas avaliações de cada experiência da viagem – aproveita e me segue lá também!

Salvei todos os Stories da viagem nos destaques do @maladeviagem. Tem muita dica boa lá também, não deixe de conferir.

Já se inscreveu no nosso canal do Youtube? Se ainda não, aproveita para se inscrever agora: Blog Mala de Viagem no Youtube.

Salve esse post no Pinterest:

Sempre que você faz alguma reserva ou adquire algum produto/serviço utilizando um link aqui do blog, eu ganho uma pequena comissão do site. Você não paga nada a mais por isso e ainda me ajuda a manter o Mala de Viagem atualizado e sempre cheio de novidades!

Aluguel de carro

Rent Cars

Seguro Viagem

Seguros Promo

Passagens aéreas baratas

Passagens Promo

Passeios e ingressos

Get Your Guide

Chip Internacional

SimPremium

Anna
Anna
Escorpiana assumida, Defensora Pública em MS e wanderlust por natureza. Está sempre programando uma nova aventura e em busca de experiências, porque acredita que a melhor viagem é sempre a próxima!