Skip to main content
Joanesburgo

África do Sul: 7 motivos para você pegar o próximo avião com destino a Joanesburgo

Povo alegre e de bem com a vida! Só por esse motivo você já deveria ir a Joanesburgo sem medo de ser feliz! Uma das maiores e mais densamente povoadas cidades da África do Sul, depois de Congo, Luanda, Cairo e Nigéria, é um destino urbano, para quem curte cidades, pessoas e muitas aventuras que ficaram ocultas depois da copa do mundo de 2010.

1. Soweto, a Casa de Nelson Mandela (Mandela´s House)

Prêmio Nobel da Paz, ativista político negro, formado em direito, viveu em Soweto por mais de 15 anos. Na sua antiga residência foi montado um museu, com peças de mobiliário e pertences da própria família Mandela, conta com visitas guiadas com histórias pessoais e da própria África do Sul.

Nelson Mandela, por lutar pelos direitos raciais, ficou preso por 27 anos, conquistou a liberdade em 1993, aos 71 anos. Sempre defendendo o discurso de paz e conciliatório entre seus adversários Mandela chegou a ser presidente da África do Sul, o primeiro presidente negro, com o voto dos próprios negros. Uma conquista pela não-violência que merece atenção de todo o mundo!

Mandela´s House em Soweto https://upload.wikimedia.org/wikipedia/c
Mandela´s House em Soweto – Joanesburgo – https://upload.wikimedia.org/wikipedia/c

2. Museu do Apartheid

Nenhum roteiro deve deixar de fora a ida ao museu do Apartheid. Para quem não sabe, o Apartheid foi uma brutal forma de segregação racial, o racismo, que foi adotado de 1948 a 1994, pelos sucessivos (e abusivos) governos do Partido Nacional da África do Sul, incessantemente combatido por Nelson Mandela. Nesse sistema, os direitos da maioria da população foram negligenciados. Aos negros, de cor e indianos eram negados direitos essenciais à vida, com muita violência. Para conhecer e não se esquecer…

Museu do Apartheid - http://www.sowetotour.co.za/wp-content/u
Museu do Apartheid em Joanesburgo – http://www.sowetotour.co.za/wp-content/u

3. Carlton Centre

Carlton Centre
Carlton Centre – Joanesburgo

Com 223 metros em 50 andares é chamado Top of the world, já foi o prédio mais alto de Joanesburgo. Tem um shopping nos andares inferiores e a vista panorâmica de toda a cidade. Você tem que ver o pôr-do-sol, maravilhoso para os amantes da fotografia!

4. Cradle Of Human Kind

Um pouco afastado de Joanesburgo, o berço da humanidade é um parque arqueológico de gigantescas proporções, tombado pela UNESCO como patrimônio histórico da humanidade. Para visitá-lo é importante a locação de um carro ou de uma serviço de guiança. Nesse lugar é possível encontrar cavernas, grutas, fósseis de hominídeos, além de visitas guiadas. Os destaques ficam por conta do centro de visitantes Maropeng Visitors centre e as cavernas de Sterkfontein.

Berço da Humanidade - https://c1.staticflickr.com/9/8496/82563
Berço da Humanidade – Joanesburgo – https://c1.staticflickr.com/9/8496/82563

5. Você vai adorar os vinhos e a culinária!

A África do sul tem terrenos muito antigos e férteis, seus vinhos são conhecidos em todo mundo por sua qualidade e sabores superiores. As 120 vinícolas ficam espalhadas pelas cidades de Stellenbosch e Franschhoek. As carnes são as especialidades sul-africanas: forte influência  da culinária árabe, em temperos fortes, cebolas e pimentas. Um fato curioso é a organização da culinária, as mulheres geralmente cuidam dos doces (os incríveis Koeksisters e Malva pudding , os mais tradicionais) e os homens cuidam das carnes (em especial em eventos como o Braai, quando são feitas carnes grelhadas).  Ah, tá esperando o quê? Arrume logo as malas!

6. 8 horas de voo, sem escalas!

O que pode parecer bem longe, na verdade, não é: a viagem para Joanesburgo à partir de São Paulo leva apenas 8 horas, num voo sem escalas, cruzando o Oceano Atlântico. Conforto e comodidade no menor tempo possível!

7. Safari no Parque Nacional Kruger

Para os amantes de aventura, o Parque Nacional Kruger viabiliza safaris para toda a família mais de 90 pacotes com visitas guiadas ou não (não aconselhável pelo perigo). São elefantes, antílopes, leões, tigres, entre outras feras ao ar livre, enquanto você guia seu carro tranquilamente (ou quase) pelas savanas africanas. Você vai se sentir dentro do filme Rei Leão, prepare-se para cantar “Hakuna Matata é lindo viver…”

Leoa Kruger park - https://thumb1.shutterstock.com/dis
Leoa Kruger park – https://thumb1.shutterstock.com/dis

Sobre o post: esse post foi escrito pelo nosso colaborador Hotel Urbano, revisado e postado por mim (Anna).

Rodrigo e eu embarcaremos para África do Sul em breve. Acompanhem-nos nas redes sociais, pois vem novidades por aí! Estamos muito motivados a te inspirar também!

Post anterior – Next Stop: África do Sul (planejamento e roteiro da viagem)

Próximo post – 5 Destinos ideais para a lua de mel no Brasil

  • Renata Sucena

    Ah eu nem preciso de 7 viu!! Já to querendo embarcar muito em breve! Vou acompanhar tudinho da viagem de vocês. E já estou anotando todas as dicas! Que vontade de dar um abraço desse leão, coisa mais fofa!

    • kkkkkkkkk adorei a parte de abraçar o leão! Mas acho que essa aventura eu passo hein rsrs

  • Aninha Lima

    To sonhando com a África do Sul! Imagine das de cara com um gatinho desses em pleno passeio? É o país como um todo carregam muita cultura, muita história e lição de vida! Adorei o post!

  • Glaucia

    Ameiiii o post. A Africa do Sul já ta no topo da minha lista faz tempo.
    Juro que pensava que o voo até lá fosse mais longo. Uma boa começar por Joanesburgo

    • Sim Glaucia! Uns 2 dias em Joburg é muito interessante… o país é todo incrível!

  • Erik Trovão Diniz

    Quando fui à África do Sul, não conheci Joanesburgo (apenas o seu aeroporto). Quero, um dia, poder voltar e conhecer esses lugares que você elencou, especialmente, o Kruger.

    • Erik, vale à pena uns 2 dias em Joburg sim, principalmente para conheceriam pouco mais mais sobre como era o país na época do Apartheid!

  • A nossa visita à África do Sul foi bem curtinha, então decidimos botar só Cape Town, que era o nosso destino. Pra piorar, nossa companhia área ainda nos sacaneou e nos tirou 1 dia e meio por conta de atrasos de vôos de mais de 24h, rir pra não chorar (processinho saindo em 3.. 2..). Nada de Joanesburgo para a gente. Mas, por que não? São ótimos os motivos que expôs. Talvez voltemos!

    Acho que a coisa mais chocante da África do Sul é definitivamente o Apartheid mesmo. Tem que aprender sobre isso para que não se repita.

    Obrigado!

    • Poxa, que pena… Nossos voos foram todos pontuais até agora (o que não é comum acontecer comigo). Se eu tivesse pouco tempo, também iria direto pra Cape Town, Agora da próxima vez você pode programar uma ida ao Kruger com uma parada em Joanesburgo! Obrigada pela visita. Abraço!

  • Alexandre Nunes

    Deve ser uma experiência inesquecível… E olha só, nao precisava nem citar os 07 motivos, só um ou dois já me convenceriam kkkkkkkk. Meu sonho de ir p Africa é motivado principalmente pelo Safari, tenho mta vontade mesmo
    Post show, parabens! abraços

  • Marilisa Domingues

    Show !! apenas um motivo já me ganhou hehe… tenho loucura em conhecer o Safari, lindo demais. Essa trip na África demais, amando e acompanhando tudo. Eu não sabia que era apenas 8h saindo de SP… Gostei dessa dica rs… pq viagem muito longa não curto, tenho medo rs.. beijoss

  • Sil Mendes

    Estivemos só de passagem em Joanesburgo, pernoitamos um noite quando fomos p Zanzibar. Se ja tinha vontade de voltar, agora com seu post a vontade aumentou. Excelente post.

    • Zanzibar está super na nossa lista… ainda mais agora que estamos tão encantados com o lugar!